segunda-feira, 22 de outubro de 2007

walking...


Sei que é bem antigo mas eu continuo a gostar:
Um dia enquanto caminhava pela praia, olhei para trás e vi que por cada pegada que dava, havia uma outra ao lado, perguntei a deus e ele disse-me que eram as suas e que sempre estaria perto de mim. Uns anos mais tarde, ao olhar de novo vi que as pegadas desapareciam em certas zonas que coinçidiam com maus momentos passados na minha vida e perguntei a Deus: "entao não me disses-tes que estarias sempre ao meu lado?" ao que ele respondeu: "E estive, as pegadas que vês são as minhas, as tuas desapareceram quando te peguei ao colo!"

4 comentários:

Nany disse...

Podes crer choco Deus é grande e está sempre a nosso lado,não o vemos mas ele está lá........

Altar Mar disse...

Segundo as tradições primordiais de certos povos Deus manifesta-se de forma activa em tudo o que existe.

Nesta perspectiva tenho a certeza que as ondas são criação de Deus e que quando estamos no Mar estaremos certamente perto de Deus por intermédio de uma das suas mais magníficas criações.

Respeitar o Mar e as Ondas como criação de Deus é uma forma de devoção e de encontro com algo espiritual superior a nós meros mortais...

choco disse...

Nem mais...e para bom entendedor, meia palavra basta....brigado pelo comentario altamar..e Nany..esse longboard, bem afiadinho!!!

b disse...

Bem, posso não acreditar num Deus em forma de uma entidade uníca mas acredito nas pessoas, nas boas que por ai há. Acredito no amor e na amizade, que tantas vezes me "pegaram ao colo" e me fizeram pegar também. E acredito sobretudo na beleza, como esta que aqui que se encontra expressa nas palavras do texto com que nos presenteaste. Obrigada! QUanto à(s - se incluir a do post seguinte) fotografia, linda também...:o)